segunda-feira, 15 de junho de 2015

Jornal de Domingo publica aplicativos com MavenApp


O Jornal de Domingo é um jornal brasileiro, do Estado do Mato Grosso do Sul, fundado na cidade de Campo Grande em 1992, data em que circulou seu primeiro número.

A partir deste mês o jornal passa a ficar disponível para Android e iOS através da solução MavenApp da empresa Maven Inventing e com edições gratuitas.
App para Android

Baixe para Android em
https://play.google.com/store/apps/details?id=com.br.jornaldedomingo

Baixe para iOS em
https://itunes.apple.com/us/app/jd1/id983330300?l=pt&ls=1&mt=8

Abaixo leia um pouco da história do Jornal de Domingo, nas palavras do próprio veículo:

Na época, a imprensa desse estado atravessava um período de pouca criatividade e de títulos que, em muitos casos, se prestavam à reprodução sistemática de press-releases. Com uma proposta firme de ser um veículo inovador e repensando o enfoque editorial até então vigente na época, seu fundador, o empresário e jornalista Danilo Costa, acreditando no potencial do mercado sul-mato-grossense, fez do Jornal de Domingo um órgão de opinião independente, sem medo de expressar opiniões e pontos de vista de diversos articulistas, sempre preservando a ética e a imparcialidade.

Muito além de levar informação imparcial e de qualidade, o jornal se consolidou como um órgão ativo, de identidade visível e claramente com um papel marcante a desempenhar. Desde então, o semanário foi responsável por inúmeras inovações no mercado editorial de Mato Grosso do Sul. Em 23 de março de 1997 uma nova fase era lançada. O Jornal de Domingo, que então lançava sua primeira edição em cores, foi o primeiro jornal desta segmentação a ser impresso colorido. Hoje, além do nosso tradicional sistema de entrega, possuímos também 80 pontos de distribuição espalhados e escolhidos estrategicamente.

Com tiragem média do JD situada entre 10.500 e 12.000 exemplares, nos tornamos um dos referenciais de mídia por nossas características. A partir de uma forte presença nas classes A e B, ganhamos expressiva influência, não unicamente neste segmento, mas a partir dele, conseguindo fazer nossas posições editoriais conhecidas e influentes. Por conta disso, hoje as principais campanhas publicitárias do Estado, juntamente com as de nível nacional, são veiculadas no Jornal de Domingo.

Em nossa redação estiveram alguns dos mais prestigiados jornalistas do Estado. No início de 1996, a redação do jornal deixou a sede no bairro Monte Líbano, onde estava instalado desde a fundação, e se transferiu para o atual endereço, sua sede própria, à Rua dos Barbosas, n° 85, região central de Campo Grande.

Em 2006, o escritório onde trabalhávamos foi posto abaixo e em seu lugar ergueu-se o edifício sede nos padrões atuais, se incorporando à paisagem da tradicional via e iniciando um processo de revitalização na região.

Em 2008, uma recente pesquisa realizada pela Universidade Uniderp-Anhanguera, pertencente a um dos maiores grupos acadêmicos do País, comprovou a liderança do nosso jornal no seu campo de atuação, apontando-o como o jornal mais lido e mais conhecido neste segmento.

A atuação clara do Jornal de Domingo em defesa de causas de interesse público e social rendeu, ao periódico e a todos da equipe, reconhecimentos de toda natureza, como medalhas, diplomas e menções honrosas, que se encontram expostas em espaço apropriado em sua sede.

Portanto, ao longo desses 19 anos de história, semana após semana evoluímos em nossas páginas de papel e, já em uma nova fase, em nossa versão eletrônica (www.jornaldedomingo.com.br). Construímos, assim, um sólido diálogo entre nosso veículo de comunicação e nossos leitores, clientes, colaboradores e todos aqueles que ajudaram a escrever essa história, a qual sem tal ajuda não passaria hoje de páginas em branco.

Fonte: http://www.jornaldedomingo.com.br/institucional/