Entenda como funciona a publicação de notícias na internet

jornal publicando conteúdo digital
Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A internet hoje conta com plataformas que tornam a criação de sites e blogs muito mais fáceis. Essas ferramentas tornam a publicação de notícias na internet bem mais acessível para as empresas, profissionais e público em geral.

Neste post vamos explicar como funcionam os principais recursos de publicação online de notícias. Continue a leitura e confira!

As opções gratuitas para publicação de notícias na internet

Hoje em dia contamos com certo número de plataformas gratuitas, que fornecem recursos que facilitam a publicação. Podemos citar como exemplo WordPress, Blogspot e Medium, entre os mais populares.

Com essas plataformas, qualquer um com uma noção básica pode publicar conteúdo gratuitamente, em formato de texto, vídeo, imagens ou áudio.

Desvantagens das plataformas gratuitas

São serviços muito bons, mas que apresentam recursos limitados. Por exemplo, os templates oferecidos são poucos e pode ser que não se adéquem à identidade visual da sua empresa. Outro exemplo é a quantidade limitada de arquivos que serão carregados em seus servidores.

Plataformas de vídeo

Além dos textos, muitos jornais hoje contam com plataformas de vídeo, uma mídia que já não é mais restrita a canais de televisão. Entre outros recursos indispensáveis em um mundo cada vez mais voltado para o audiovisual estão plataformas como YouTube e Vimeo.

Assim como os blogs, essas plataformas têm recursos limitados e pode ser que até censurem, dependendo do conteúdo.

A importância da interação com os leitores e acompanhamento das métricas

Não podemos deixar de falar de um aspecto importante na publicação de conteúdo na internet: a interação com os leitores. Especialistas de conteúdo digital indicam a importância de criar uma comunidade com seus leitores.

Isso pode ser feito por meio de uma caixa de comentários, ou opções para “curtir”, “gostar”, como ocorre no Facebook e Instagram.

No entanto, quando se publica material online, é preciso manter uma métrica das visitas do site. Ou seja, é preciso analisar os dados de quantas pessoas visitam, quanto tempo permanecem e como esses leitores chegaram até o seu site.

Com esses dados você poderá aperfeiçoar seu conteúdo, objetivando atrair mais leitores e assinantes. O mais comum é o Google Analytics, mas existem outras ferramentas usadas também.

Todas essas ferramentas gratuitas podem exigir alguém com experiência em trabalhar nelas, além de algumas terem somente versões em inglês. Caso ocorra algum problema, raramente um desses serviços gratuitos oferecerá assistência técnica em português.

A solução para publicação de notícias na internet: MavenFlip

Caso ainda não esteja satisfeito, o MavenFlip pode ser a solução para você que precisa disponibilizar o conteúdo online da sua empresa. É um produto da Maven Inventing Solutions, que já tem entre seus clientes jornais como Zero Hora e Correio do Povo.

Com o MavenFlip, seu conteúdo terá a plataforma ideal para alcançar seus clientes. Hoje contamos com, além dos textos, vídeos, áudios e infográficos para deixar seu conteúdo mais rico. Temos também métricas pelas quais você poderá aprimorar seu conteúdo baseado no uso dos leitores.

Com essa plataforma é possível interagir com o público, criando uma comunidade envolvida e participativa de leitores e assinantes. Além disso, utiliza-se do HTML5, que deixa as publicações mais leves tanto para você quanto para o leitor.

Ademais, conta com uma equipe especializada para tirar qualquer dúvida em relação ao produto e melhorar a experiência do seu leitor. Com o MavenFlip você terá autonomia para publicar, informar e alcançar seu público.

Se você gostou do post sobre publicação de notícias na internet e deseja saber mais sobre o MavenFlip, deixe seu comentário e compartilhe suas dúvidas e considerações!

2 Comentários

  1. Douglas disse:

    O Maven Flip é excelente, porém, a empresa que trabalho é uma escola pública, portanto, sem condições de bancar as publicações.
    Vamos tocando com ferramentas inferiores, porém, gratuitas. São as que estão ao nosso alcance.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *